Cinco pessoas acusadas em Ferreira do Alentejo de auxílio à imigração ilegal

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O Ministério Público de Ferreira do Alentejo (Beja) deduziu acusação contra cinco pessoas pela prática de crimes de auxílio à imigração ilegal e pediu uma “compensação económica” para as vítimas, todas estrangeiras, foi hoje divulgado.

A acusação foi divulgada num comunicado na página de Internet da Procuradoria da República da Comarca de Beja, publicado na quinta-feira e consultado hoje pela agência Lusa.

A quatro das cinco pessoas acusadas, o Ministério Público (MP) imputou a prática em coautoria material de 18 crimes de auxílio à imigração ilegal.

Ao outro arguido “foi imputada a prática de seis crimes de auxílio à imigração ilegal e ainda de dois crimes de suborno”, pode ler-se no comunicado.

O MP pede ainda aos arguidos o “pagamento de uma compensação económica às vítimas, todas de nacionalidade estrangeira, a fixar por critérios de justa ponderação” pelo tribunal coletivo.

Os cinco arguidos encontram-se em liberdade provisória “a aguardar os ulteriores termos do processo”, acrescentou o comunicado.

Fonte: Sábado

Quer morar em Portugal?

Saiba como a LuResolve pode ajuda-lo no seu plano de imigração.

Agende uma Web Reunião

Whatsapp, Skype, Hangout ou Zoom – VALOR REDUZIDO ATÉ JUNHO

Diga olá!
Precisa de ajuda?
Olá, como posso ajudar?