O que é o Espaço Schengen?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Espaço Schengen – a área amiga do turista brasileiro

Uma informação que talvez você já saiba: brasileiro não precisa pedir visto para viajar à Europa como turista! E pode passear à vontade entre a maior parte dos países europeus, sem precisar também pedir ou mostrar um visto cada vez que entra e sai de um deles.

Acordo Schengen

Agora uma informação que talvez você não saiba: isso só é possível graças ao Acordo de Schengen! Em vigor desde 1985, o Acordo de Schengen prevê a criação do Espaço Schengen, um conjunto de 29 países que compartilham fronteiras abertas.

Entrar na Europa sem complicações

Trata-se dos principais países europeus. Então, para o turista tradicional, isso significa entrar na Europa e poder passear numa boa, sem complicações burocráticas e chatices administrativas na fronteira de cada país.

Promover o livre fluxo de pessoas na Europa

A ideia do Espaço Schengen é promover, de fato, o livre fluxo de pessoas. O país que “recebe” o turista ou visitante é que deve arcar com a responsabilidade de checar se a pessoa pode ou não pode entrar na Europa. Se liberou, então os demais países confiam nesse julgamento e aceitam o trânsito em seu território, sem restrições.

Quais países fazem parte da Espaço Schegen?

…isto é, dentre os países europeus, em quais o turista pode passear à vontade de um para o outro? São eles:

Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Mônaco, Noruega, Polônia, Portugal,  República Checa, San Marino, Suécia, Suíça, Vaticano.

(oficialmente, nem todos os países acima fazem “realmente” parte dos acordos de Schengen. Mas todos compartilham, sim, a política de portas abertas!)

Atenção ao tempo de permanência do visto

A única coisa que você precisa saber: o tempo de permanência do visto de turista é de 90 dias, contados em um período de 180 dias. Vamos explicar. A partir do momento em que você pisa em solo europeu, receberá um carimbo do país receptor dando ‘start’ à sua contagem de 180 dias. Dentro desse período, você pode viajar pra lá e pra cá nos países da Zona Schengen, pode sair da Europa, voltar algumas semanas depois, tudo liberado.

O controle de fronteira é bem rigoroso

O controle de entrada, saída e permanência de pessoas é bastante rigoroso, e quem tenta burlá-lo, ficando mais de 90 dias sem pedir visto, acaba se dando mal. A pessoa será pega eventualmente e terá de responder por esse ato – de maneiras bem pouco agradáveis.
Isso inclui pagamento de multas pesadas, expulsão, barragem e até mesmo processos criminais! Então respeite Schengen e aproveite ao máximo todos os benefícios que este incrível acordo concede.

Fonte: Eurodicas (Leia o artigo completo)

 

Quer morar em Portugal?

Saiba como a LuResolve pode ajuda-lo no seu plano de imigração.

Agende uma Web Reunião

Whatsapp, Skype, Hangout ou Zoom – VALOR REDUZIDO ATÉ JUNHO

Diga olá!
Precisa de ajuda?
Olá, como posso ajudar?