Mais de 121 mil estrangeiros obtiveram nacionalidade portuguesa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

121.087 estrangeiros obtiveram a nacionalidade portuguesa em 2019, uma ligeira descida comparado com 2018. Já o número de pedidos de nacionalidade continua a aumentar. Brasileiros lideram.

Um total de 121.087 estrangeiros obteve a nacionalidade portuguesa em 2019. Face a 2018, registou-se uma diminuição (127.950), mas a tendência continua a ser de crescimento. Por seu turno, o número de pedidos de nacionalidade continuam a aumentar, segundo dados do Diário de Notícias.

Tal como em 2018, foram os brasileiros quem mais adquiriram cidadania portuguesa: 10.706. Seguiram-se os cabo-verdianos, com 4.299, os ucranianos, com 1.967, os angolanos com 1.865 e os guineenses com 1.756.

Já os pedidos de nacionalidade mantêm a subida dos antes anteriores, tendo superado os 180 mil em 2019. No ano anterior, contabilizaram-se 174.624 pedidos.

Desde 2015, já foram registados mais 533.595 novos portugueses. Para obter a nacionalidade portuguesa, é necessário que, por exemplo, um estrangeiro resida legalmente em Portugal há cinco anos, ou seja casado com um cidadão português há pelo menos três anos.

A nova lei da nacionalidade, publicada em Diário da República esta quarta-feira, facilita o processo para obter a cidadania portuguesa. Por exemplo, para os filhos de imigrantes que nascem em Portugal, o tempo de permanência obrigatória dos progenitores, cuja situação migratória pode não estar regularizada, diminui de dois para um ano.

A recente lei da nacionalidade foi vetada por Marcelo Rebelo de Sousa em agosto, mas em outubro foi novamente aprovada pelo Parlamento.

 

Fonte: Observador.pt

Quer morar em Portugal?

Saiba como a LuResolve pode ajuda-lo no seu plano de imigração.

Agende uma Web Reunião

Whatsapp, Skype, Hangout ou Zoom – VALOR REDUZIDO ATÉ JUNHO

Diga olá!
Precisa de ajuda?
Olá, como posso ajudar?