Queixas contra o SEF disparam 139%

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O Portal da Queixa, referência nacional em matéria de consumo, registou um aumento significativo das reclamações dirigidas ao Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF). Entre 14 de abril de 2018 e 14 de abril de 2019, as queixas dispararam 139%, comparativamente com o período homólogo.

A dificuldade em conseguir agendamento é a principal queixa apresentada nos períodos em análise.

O Portal da Queixa tem acompanhado a crescente insatisfação dos cidadãos estrangeiros perante os serviços prestados pelo SEF. Desde o início do ano e até ao dia 14 de abril, a maior rede social de consumidores de Portugal já viu serem registadas na sua plataforma online 133 reclamações.

A equipa do Portal da Queixa decidiu analisar dois períodos mais longos e verificou que, de 14 de abril de 2017 a 14 de abril de 2018, foram recebidas 198 reclamações, tendo constatado que o número das queixas disparou para 474, entre 14 de abril de 2018 e 14 de abril de 2019, refletindo uma significativa subida de 139%.

São vários os motivos das reclamações que os cidadãos dirigem ao SEF. No entanto, a maioria reporta a dificuldade em conseguir agendamento, a demora na entrega dos documentos, o mau atendimento e a falta de resposta.

Entre as 133 reclamações apresentadas este ano, replicam-se os casos que denunciam o elevado tempo de espera e os obstáculos que os cidadãos estrangeiros enfrentam, por exemplo, para conseguirem a renovação do visto. Uma espera que pode levar meses.

Fonte: JM Madeira

Quer morar em Portugal?

Saiba como a LuResolve pode ajuda-lo no seu plano de imigração.

Agende uma Web Reunião

Whatsapp, Skype, Hangout ou Zoom – VALOR REDUZIDO ATÉ JUNHO

Diga olá!
Precisa de ajuda?
Olá, como posso ajudar?