Serviço de Estrangeiros e Fronteiras foi reforçado com 90 inspetores em 2017

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
erviço de Estrangeiros e Fronteiras foi reforçado

O Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, afirmou que entraram em funções no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras dois grupos de 45 inspetores em 2017, o que não acontecia desde 2006, existindo um terceiro concurso de mais 45 inspetores que iniciarão funções no início de 2018, estando prevista a abertura de mais um concurso para a admissão de 100 inspetores, o que não ocorria desde 2004.

O Ministro intervinha no encontro com os 44 novos inspetores de um dos concursos já realizados, que vão reforçar o SEF no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, durante o período do Natal e Ano Novo, o que representa um aumento de efetivos de 30% no posto fronteiriço do aeroporto.

Este reforço ocorre até 5 de janeiro, mas, passado este período de pico de movimento do aeroporto de Lisboa, o seu posto de fronteira vai contar permanentemente com mais 30 inspetores.

Preparar antecipadamente as respostas

Eduardo Cabrita disse também que “com este conjunto significativo de novos meios vamos iniciar uma nova fase de trabalho com a administração da ANA, tal como estabelecemos já contactos com a administração da TAP” para preparar as respostas aos fluxos de passageiros.

Este trabalho destina-se a que o SEF tenha conhecimento antecipado dos fluxos de passageiros e de voos que impliquem «uma intervenção do SEF com o prazo de alguns meses, de modo que a resposta no aeroporto de Lisboa também possa ser preparada e antecipada adequadamente».

O Ministro disse que constatou, através do exame dos movimentos, «com satisfação que o prazo médio de demora está nos 15 minutos», existindo momentos pontuais em que excede os 30 minutos.

“É relativamente a esses momentos pontuais que temos que ter uma atuação mais intensa, mas sobretudo temos que preparar atempadamente o próximo ano com um reforço de meios e com um trabalho muito próximo, quer com o Ministério do Planeamento e das Infraestruturas, quer com a administração da ANA”, acrescentou.

Fonte:  Portugal.Gov.pt ( leia artigo completo )

Quer morar em Portugal?

Saiba como a LuResolve pode ajuda-lo no seu plano de imigração.

Agende uma Web Reunião

Whatsapp, Skype, Hangout ou Zoom – VALOR REDUZIDO ATÉ JUNHO

Diga olá!
Precisa de ajuda?
Olá, como posso ajudar?